quarta-feira, março 20, 2013

Review: Miracle Blur by L'Oreal - Primer

Aproveitando o embalo do post de ontem, resolvi em seguida falar desse produto da L'Oreal, pois o usei ontem com o BB cream.
O produto faz a uma propaganda que daria inveja a quem já submeteu ao conhecido botox, só que claro por um valor bem mais inferior, e bote inferior nisso. Na embalagem diz que disfarça instantâneamente a aparência de rugas, linhas de expressão e poros. Quando fiz a aplicação, percebi sim uma leve diminuída na aparência dos poros largos, mas não ajudou nas linhaa de expressão e achei que como primer é um produto excelente, mas fora isso, não fez nada milagroso pra ser rotulado como "miracle blur", inclusive um outro primer da mesma marca, apresentou o mesmo resultado, quem lembra do primer (L'Oreal Studio Secrets) do primeiro sorteio? Pois é, ele é tão bom quanto esse aqui, só que mais barato.

Produto aprovado como primer (o marketing do produto afirma que ele é mais que um primer) somente, não como um produto milagroso que irá fazer desaparecer rugas e linhas de expressão por algumas horas. Só nascendo de novo!

Aliás, não existe no mercado de cosméticos no momento nenhum produto que apresente tal resultado 100%, claro, sempre friso isso aqui, há resultados e resultados, o que pode funcionar na sua pele, talvez não funcione na minha e vice versa.





Pra quem não leu o post de ontem, essa foto mostra o antes, sem nada e com o primer.


bjs deusas!


3 comentários:

  1. Acho errado uma empresa fazer tanta propaganda falsa em cima de um produto, pois, o cliente até pode comprar, mas ver que não é tudo aquilo que promete, simplesmente não vai comprar mais nem recomendar. Adorei a resenha, ficou perfeita!
    www.espacegirl.com

    ResponderExcluir
  2. Liz, linda ta arrasando nos reviews hem?
    gostei deste tbm. ainda nao conhecia vc acredita?
    heheh.
    Bjocas e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  3. É... Difícil mesmo encontrar algo que tire realmente as linhas de expressão...
    Sempre bom ver as opiniões, ainda bem que existem as blogueiras.

    ResponderExcluir